Acusado de matar bebê em Salvador se entrega à polícia

O acusado de matar um bebê de 10 meses em Salvador (BA), Carlos dos Santos Mascarenhas, de 40 anos, apresentou-se na manhã desta quarta-feira, 11, na 5.ª Delegacia (Periperi). Mascarenhas deu uma facada na criança durante uma briga com sua namorada, Ana Paula Silva - tia do menino. Ele prestou depoimento, no qual admitiu ser o autor do crime, mas disse que não havia visto o bebê no colo da tia até o momento da agressão. O criminoso afirmou que havia marcado para conversar com Ana Paula no domingo, mas que ela não apareceu. Ele, então, teria decidido ir atrás da namorada, para tirar satisfação. Quando a encontrou, de acordo com ele, Ana Paula estava atrás de um muro - motivo pelo qual não teria visto a criança antes de tentar agredi-la com uma faca. Mascarenhas vai responder pelo crime em liberdade.

Agencia Estado,

11 Abril 2007 | 18h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.