Acusado de matar brasileiro em Londres era foragido

Fontes da polícia britânica informaram à Agência Estado que o homem indiciado nesta quinta-feira, 22, pelo assassinato do brasileiro Acioli Paris Júnior, no dia 14 de fevereiro, num hotel de Londres, era um foragido da Justiça. O ex-soldado Roderick George McDonald, de 51 anos, havia sido condenado à prisão perpétua em 1993 pelo assassinato de sua esposa Elizabeth, mas escapou em maio de 2005 da prisão aberta Castle Huntly, na Escócia. Coincidentemente, o jornal Evening Telegraph and Post, da cidade de Dundee, na Escócia, havia publicado no dia 14 passado - mesmo dia do assassinato do brasileiro - uma reportagem informando sobre a busca policial de quatro detentos que tinham escapado de prisões da região, entre eles, McDonald . Segundo o jornal, McDonald era apelidado na prisão de "matador pervertido" por ter sido acusado, durante seu julgamento, de ter estrangulado sua mulher, de 36 anos por ela ter se recusado a manter relações sexuais com ele "e seu amante masculino". Na reportagem, o Evening Telegraph and Post publicou uma foto de McDonald. Na última segunda-feira, dia 19, o jornal publicou outra reportagem sobre McDonald, afirmando que ele havia trabalhado usando um nome falso - Craig - até o final do ano passado numa casa de sauna gay, Acqua, localizada na cidade litorânea de Blackpool, na Inglaterra. "Ele já vinha trabalhando aqui há um tempo e parecia um cara legal", disse ao jornal um dos funcionários do Acqua. "Parece que ele pressentiu que a polícia estava atrás dele. Uma noite ele terminou seu turno, fez suas malas e desapareceu." Outro jornal, o The Gazette de Blackpoll, também publicou nesta quinta-feira uma reportagem estampando uma foto de McDonald, antes da Scotland Yard o identificar e indiciar como suspeito pelo assassinato do brasileiro. Segundo um funcionário da sauna entrevistado pelo The Gazette, McDonald havia desaparecido antes do Natal passado. "Não tínhamos idéia de quem ele era, foi um choque para todos nós", afirmou. "Ele era um cara normal, agradável que tinha um namorado e tinha se estabelecido em Blackpool". Matéria atualizada com acréscimo de informações às 17h46

Agencia Estado,

22 Fevereiro 2007 | 14h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.