Acusado de matar Celso Daniel é preso na Bahia

O seqüestrador José Édson da Silva, apontado como o autor dos tiros que mataram o prefeito de Santo André, Celso Daniel, foi preso pela polícia baiana na madrugada de hoje na cidade de Vitória da Conquista, cerca de 500 quilômetros de Salvador. Silva se escondeu no mesmo município para onde um outro integrante da quadrilha, André Cara Seca, preso na semana passada, havia fugido. Além da dupla, outros dois seqüestradores que participaram do crime, Itamar Messias Silva Santos e Rodolfo Rodrigues Saltos de Oliveira, o "Bozinho" também escolheram a Bahia para se esconder após a morte de Celso Daniel. Eles foram detidos pela Polícia Federal quando viajavam da cidade de Itabuna, na região cacaueira baiana, para São Paulo.Silva foi transferido de Vitória da Conquista para Salvador pelo delegado Róbson Marocci, que foi proibido de dar qualquer declaração sobre a prisão do bandido. A secretaria de Segurança Pública, Kátia Alves, pretende falar sobre o caso ainda hoje, antes de liberar Silva para ser levado para São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.