Acusado de matar irmão de cantor no Guarujá se rende

Ivaldir de Souza, de 40 anos, acusado de matar Adilson dos Anjos Francisco, de 57 anos, irmão do cantor Luiz Américo, se entregou à polícia do Guarujá e acabou preso, nesta terça-feira. Souza confirmou a versão de que matou Francisco ao flagrá-lo mantendo relações amorosas com sua mulher.No sábado, o acusado saiu da casa da vítima para comprar carnes para um churrasco. Quando voltou, encontrou sua mulher sentada no sofá ao lado de Francisco. Segundo Souza disse à polícia, ao serem flagrados, ambos ficaram imóveis. Souza teria decidido ir embora, mas a mulher o segurou. Os dois brigaram e ela caiu no sofá e se machucou. Para defender Maria, Francisco teria iniciado a briga. Souza, então, pegou o cabo de um espeto de churrasco espancou a vítima até a morte. O casal tentou fugir, mas foi surpreendido pelo cantor Luiz Américo, que conseguiu segurar Maria. Durante a fuga, o acusado atropelou um motoqueiro e não prestou socorro. Depois, abandonou o veículo na balsa Guarujá-Santos. O casal havia ido à casa de Francisco para pegar dinheiro emprestado. Dois cheques em branco assinados por Francisco foram encontrados no carro abandonado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.