Acusado de matar menino é absolvido

O Tribunal do Júri de Piracicaba, no interior do Estado, absolveu por sete votos a zero o ex-coordenador esportivo Jorge Luís Nascimento, acusado de ter assassinado e escondido em um freezer desativado o corpo do estudante João Paulo Brancalion, de 9 anos. O caso ocorreu em dezembro de 1989, no Colégio Salesiano Dom Bosco, em Piracicaba.O laudo médico apontou asfixia mecânica e graves ferimentos na cabeça, tórax e abdome do menino. Nascimento foi apontado, quatro anos depois, como o responsável pelo crime e respondeu em liberdade à acusação de homicídio culposo e ocultação de cadáver.Adiado três vezes, o julgamento começou na manhã de segunda-feira. Na madrugada desta quarta, a juíza Meibel Farah leu a sentença final. O advogado de defesa, Ralph Tórtima Filho, sustentou a tese de falta de provas e contradições nos depoimentos das testemunhas.O advogado assistente da promotoria, José Silvestre da Silva, vai recorrer e pretende reunir novas provas e testemunhas para um próximo julgamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.