Acusado de matar o próprio filho, aposentado segue foragido

A polícia está à procura do aposentado Otelino Rodrigues de Souza, de 58 anos, acusado de matar a facadas o próprio filho, Itamar Rodrigues de Souza, de 35 anos, na região de São Miguel Paulista, zona leste da capital. O crime ocorreu no final da manhã de domingo em um conjunto habitacional localizado na Rua Salinas do Açu, no Jardim Lapena, ao lado do Parque Ecológico do Tietê, onde pai e filho moravam. Segundo a polícia, Itamar era surdo-mudo e usuário de drogas. O motivo do crime teria sido um desentendimento entre ele e o aposentado. A vítima já tinha passagem pela polícia e também por uma clínica para dependentes químicos. O suposto autor do assassinato segue foragido. O caso foi registrado no 22º Distrito Policial, de São Miguel Paulista.

Agencia Estado,

30 Abril 2007 | 03h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.