Acusado de matar Schincariol é reconhecido por testemunha

O garçom Valdinei Sabino da Silva, de 25 anos, preso pela polícia de Itu, foi reconhecido como um dos envolvidos na morte do empresário José Nelson Schincariol, de 60 anos. Silva foi visto quando descia correndo pela rua, logo após terem sido ouvidos os tiros que mataram o empresário. A identidade da testemunha vem sido mantida em sigilo.Inicialmente ela reconheceu Valdniei em um álbum de fotografias apresentado pela Guarda Municipal. O rapaz foi detido em sua casa, no bairro São Judas, periferia da cidade. Levado ao 3º Distrito Policial, foi apresentado à testemunha, que o reconheceu. Ele será transferido ainda hoje para o Departamento de Homicidio e Proteção à Pessoa (DHPP). Segundo informações, ele estaria negando sua ligação com o crime.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.