Acusados de matar idosa em Curitiba são condenados

Quatro jovens espancaram a artista plástica Irene Rolek até a morte em agosto do ano passado

Evandro Fadel, O Estado de S.Paulo

17 de junho de 2009 | 18h53

Os três acusados da morte por espancamento da artista plástica Irene Rolek, de 87 anos, ocorrida em Curitiba no dia 6 de agosto do ano passado, foram condenados pela juíza Fabiane Pieruccini, no último dia 4, segundo comunicação feita nesta quarta-feira, 17, pelo Ministério Público do Estado do Paraná. Cláudio Marques dos Santos foi condenado a 26 anos e seis meses de reclusão; Alison Henrique Cordeiro, a 24 anos e seis meses; e João Maria Alves Filho, a 22 anos. A um adolescente foi aplicada medida sócio-educativa.

 

Veja também:

Polícia prende acusados de matar idosa em Curitiba

 

Segundo a denúncia, eles tentaram assaltar a residência da polonesa radicada em Curitiba, no Bairro São Francisco. Ao tentar entrar na casa que Irene dividia com sua irmã Sophia Rolek, de 86 anos, o forro desabou eles acabaram caindo dentro da residência. Provavelmente para evitar serem descobertos, visto que já tinham prestado serviços às irmãs, eles as espancaram. Irene morreu e Sophia foi internada em estado de choque.

Tudo o que sabemos sobre:
polonesaCuritibapolícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.