Acusados de seqüestro relâmpago são presos em Guarulhos

A polícia prendeu na madrugada desta terça-feira, 27, dois homens acusados de praticar seqüestro relâmpago em Guarulhos, na Grande são Paulo. Um menor, que também participou do crime, morreu após tentativa frustrada de assalto a dois policiais militares.O pedreiro Marivaldo Borges dos Reis, conhecido como Bulego, de 20 anos, e o ajudante Gaspar Martins Pereira, de 22 anos, foram presos após serem reconhecidos pela vítima na delegacia. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, por volta das 20 horas de segunda-feira, 27, os dois policiais militares, à paisana, estavam na Avenida Amália Gollin Pagnocelli, quando foram abordados por um adolescente armado.Ao perceber que eram policiais, o menor começou um tiroteio. Ele foi atingido e encaminhado ao Hospital Padre Bento, onde acabou morrendo. Com ele estavam uma arma calibre 38 e o celular da vítima do seqüestro relâmpago, um pintor de 36 anos.Ao chegar na delegacia para registrar o boletim de ocorrência, a vítima deu queixa do roubo de seu Palio e do celular e contou que havia sido solto do porta-malas do carro ao escutar dos bandidos que o menor teria sido baleado.Durante patrulhamento, a polícia localizou os dois homens, que acabaram sendo presos. Um outro bandido conseguiu fugir.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.