Acusados negam o crime em seus interrogatórios

Nenhum dos suspeitos de pertencer à máfia das carteiras de habilitação admitiu ou confessou os crimes investigados. Todos os policiais relacionados prestaram declarações e negaram o envolvimento nos delitos. A maioria dos demais acusados fez o mesmo - houve ainda quem se mantivesse em silêncio. Com a abertura do processo, a defesa dos réus terá a oportunidade de apresentar suas alegações e contestar as provas obtidas pelos integrantes do Ministério Público Estadual contra seus clientes.

Marcelo Godoy, O Estadao de S.Paulo

12 de junho de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.