Acusados por agressão não querem júri popular

Talisson Augusto Cleis, Willy Ravi Athaide e Denys Adriano Correia Leite, acusados de espancar o metalúrgico Fabiano Dias Rodrigues na saída de uma boate, em Sorocaba, em junho de 2008, entraram com recurso contra decisão da Justiça de mandá-los para júri popular. Os réus foram pronunciados por tentativa de homicídio. O julgamento para esse crime é feito pelo Tribunal do Júri. A defesa entende que o crime teria sido de lesão corporal e quer que os acusados sejam submetidos ao julgamento comum.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.