Administrador de empresas morre em assalto em São Paulo

O administrador de empresas Édson Yochimi Hamada, de 48 anos, foi morto, com um tiro nas costas, ao tentar fugir de dois bandidos, no início da noite de ontem, durante uma tentativa de assalto, na Zona Leste da capital paulista.Segundo testemunhas, o rapaz estava em sua moto Honda CB-500, placas CTY 7308-SP, parado no semáforo da esquina da Rua Mandu com a Rua Santa Cirila, em Vila Marieta, região de Ermelino Matarazzo, quando foi abordado por dois homens que ocupavam outra moto.O garupa, armado com um revólver, disse que era para a vítima descer da moto e entregá-la, mas Edson resolveu acelerar e tentar fugir. O administrador acabou sendo atingido por um tiro nas costas e, mesmo levado ao Pronto-socorro de Ermelino Matarazzo por policiais militares, morreu.Os bandidos não levaram nada da vítima e continuam foragidos. O caso foi registrado no 24º Distrito Policial, de Ermelino Matarazzo, pela delegada Deidiene Fialho Costa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.