Adolescente africano é resgatado do mar em Macapá

O adolescente africano A.G., de 14 anos, foi resgatado por pescadores no arquipélago do Bailique, em Macapá, após ser agredido e jogado ao mar. O garoto foi encontrado no dia 8, mas o caso só foi divulgado nesta segunda-feira. Na Polícia Federal, A.G., contou que ele e mais quatro companheiros entraram clandestinamente no navio cargueiro Dapeng Hai, de bandeira chinesa, na Costa do Marfim.De acordo com o delegado Alexandre de Almeida Lucena, o menor disse que ele e os companheiros ficaram escondidos no porão e alimentando-se de água e biscoitos. O adolescente afirmou que foi agredido na perna com uma barra de ferro por um dos tripulantes e jogado no mar. Em seu depoimento o garoto disse que passou a noite inteira nadando até ser resgatado por três pescadores que o entregaram à Polícia Federal.A PF pediu ajuda à Polícia Internacional (Interpol) para chegar aos culpados, que serão responsabilizados pelos crimes de lesão corporal, tentativa de homicídio e ingresso de estrangeiro no País. O adolescente não sabe informar o que aconteceu com os quatro companheiros. A.G. não tem documentos. Disse que morava no cais do porto da cidade de Abdijan, na Costa do Marfim. Ele foi entregue ao Juizado da Infância e da Juventude e está abrigado no Conselho Tutelar em Macapá.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.