Adolescente de 14 anos é morta a facadas por garota de 15 em Bagé

Acusada confessou o crime à polícia; as duas estariam saindo com o mesmo rapaz e discutiram na saída de uma festa em um clube

Luciano Nagel, Especial para o Estado

11 Janeiro 2016 | 11h19

PORTO ALEGRE - Um crime bárbaro chocou a comunidade de Bagé, na fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai, na madrugada deste domingo, 10. Uma adolescente de 14 anos foi morta com pelo menos seis golpes de faca. A acusada, que confessou o crime à polícia, é uma adolescente de apenas 15 anos. 

Segundo a polícia, a vítima, identificada como Franciele Modernel Scholant, saía de uma festa no Clube Comercial, no centro da cidade, por volta das 4h45 deste domingo, quando foi abordada por uma jovem. Logo em seguida,  as duas meninas começaram a discutir, e Franciele foi atingida com golpes de faca.

A vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas chegou sem vida no Pronto-Socorro da Santa Casa de Caridade de Bagé.

Em depoimento à Polícia Civil, a adolescente acusada pela morte de Franciele admitiu o crime e não se mostrou arrependida. O motivo seria que as duas estariam saindo com o mesmo rapaz.

Após o depoimento a polícia, a jovem foi liberada, pois não houve flagrante. No entanto, o delegado responsável pelas investigações, Luis Eduardo Benites, vai pedir ao Judiciário a apreensão da adolescente nos próximos dias. A acusada já esteve envolvida em outras agressões. 

Franciele foi velada na tarde de domingo, na Capela São José, da Funerária Santa Casa. O sepultamento ocorreu às 19 horas.

No Facebook, foi criada uma página em solidariedade à adolescente brutalmente assassinada. Desde o último domingo, mais de 2 mil pessoas acessaram a página pedindo justiça. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.