Adolescente deixado em hospital de SP segue em coma

Continua o mistério em torno de um adolescente, de aproximadamente 14 anos, ainda não identificado, deixado, no último sábado, 17, por duas pessoas, em frente ao Hospital Bandeirantes, no bairro da Liberdade, região central de São Paulo. O jovem segue internado vítima de traumatismo craniano grave.Segundo nota divulgada pela assessoria de imprensa do hospital, o menor foi submetido a uma drenagem de hematoma. Ele foi deixado às 6h30 do último sábado no pronto-socorro do hospital por duas pessoas, que não se identificaram, possivelmente moradores de rua. Os dois desconhecidos apenas disseram que nada tinham com o ocorrido, depois foram embora. O paciente encontra-se em coma induzido e respira com ajuda de aparelhos.Acredita-se que o garoto tenha sido vítima de ladrões, pois, ao ser deixado no hospital, estava descalço, mas com os pés totalmente limpos. Com cabelos encaracolados e pele clara, o adolescente, que tem 1,65m de altura, usava bermuda azul marinho da Nike, camiseta preta e luvas de skate. Nenhum parente do menor havia entrado em contato com o hospital até o início da madrugada desta quarta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.