Samanta Melissa Cansi/Facebook
Samanta Melissa Cansi/Facebook

Adolescente é arrastada e morre após blusa ficar presa em ônibus

Veículo levava estudante de 15 anos de volta para casa depois da aula; caso aconteceu na zona rural de Caibi, no oeste de SC

Felipe Cordeiro, O Estado de S.Paulo

17 Setembro 2018 | 22h11

SÃO PAULO - Uma estudante de 15 anos morreu depois de ter sido arrastada por cerca de dois quilômetros por um ônibus escolar em Caibi, no oeste de Santa Catarina, na manhã desta segunda-feira, 17. Samanta Melissa Cansi havia desembarcado do veículo, mas seu casaco ficou preso na porta. O motorista não percebeu e seguiu viagem com a garota pendurada.

De acordo com a Polícia Militar, o caso aconteceu na zona rural da pequena cidade de 6 mil habitantes quando o ônibus transportava alunos de volta para casa. O condutor foi preso em flagrante por homicídio culposo no trânsito.

Ainda segundo a polícia, os pais de Samanta estranharam a demora da adolescente para chegar em casa e ligaram para o motorista, que informou que a garota tinha descido do coletivo no ponto próximo à residência da família.

Os pais foram até a parada, mas não encontraram Samanta. Eles, então, procuraram-na pelas adjacências e acharam o corpo da estudante a aproximadamente dois quilômetros do ponto de ônibus. A família entrou em estado de choque e precisou ser levada a um hospital.

Nas redes sociais, amigos e parentes lamentaram a morte de Samanta. "Se fecho os olhos, minha mente desenha você, tapo os ouvidos, mas consigo escutar sua voz, só de pensar que nunca mais eu vou te ver, dói", escreveu um jovem.

"A tristeza invade meu coração, com certeza as aulas não serão as mesmas sem a sua presença. Descanse em paz, Samanta, minha doce aluna", publicou uma professora da adolescente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.