Adolescente é assassinada em Araçatuba

A adolescente Michele dos Santos Raimundo, de 15 anos, foi assassinada com um tiro na cabeça nesta quarta-feira de madrugada no bairro Santa Luzia, periferia de Araçatuba.A mãe da menina, Aparecida Madalena dos Santos, disse que ela foi vítima de uma guerra de marginais pelo controle do tráfico de drogas. Segundo Aparecida, há algum tempo um tio de Michele que faz parte de uma gangue do bairro teria tentado matar um rival. Os comparsas da vítima avisaram que se vingariam. A ameaça foi cumprida à 1h45 da madrugada desta quarta. Nesse horário, um homem não identificado bateu na porta da casa onde a menina morava com a avó, Cleonice Daniel Raimundo, de 57 anos, e dois tios.Michele se levantou e ao atender o estranho foi baleada à queima-roupa no lado esquerdo da cabeça. Em seguida, o agressor atirou em Cleonice, que também foi ferida na cabeça, mas sobreviveu. Michele foi socorrida ainda com vida pela polícia, mas não resistiu e morreu na Santa Casa às 5h15. A mãe da adolescente afirma que ela morava com a avó para ficar mais perto do centro da cidade, onde trabalhava como empregada doméstica.Outro filho de Aparecida, de 11 anos, também vive com a avó. "Vou tirá-lo de lá, como tentei fazer com a Michele", disse Aparecida. O pai da menina, Hamilton Carlos Raimundo, também morreu assassinado no mesmo bairro, há dois anos. A polícia ainda não tem pistas do assassino da adolescente.O bairro Santa Luzia, segundo a polícia, é um dos mais infestados de traficantes em Araçatuba.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.