Adolescente e fugitivo presos em assalto às Casas Bahia

Uma garota de 16 anos e um foragido da Penitenciária do Estado foram detidos na noite desta terça-feira quando assaltavam uma das lojas das Casas Bahia na cidade de Santo André, no Grande ABC. De acordo com a Polícia, armada com uma pistola 380, a menor era a mais violenta da dupla e chegou a agredir um vigia a coronhadas.A tentativa de assalto à loja localizada na Rua do Oratório, nº 1.616, no Parque das Nações,ocorreu por volta das 20h30. Armados de pistolas, Manuel Murilo Pires da Silva, de 46 anos, e a garota entraram no local e renderam cerca de 20 pessoas, entre funcionários e clientes.Aos gritos, os assaltantes ordenaram que todos sedeitassem no chão e passaram a encher sacolas com mercadorias. Do lado de fora, outro menor aguardava em uma Brasília para dar fuga. Eles chegaram a separar 300 celulares e 50 toca-CDs para carros, além de recolherem R$ 2.700 em dinheiro. Mas, em meio ao assalto, Silva e a menor perceberam a chegada de policiais militares, que foram chamados por uma testemunha, e obrigaram dois funcionários a ceder as camisas dos uniformes. Silva pegou no colo uma moça que estava passando mal e, junto com a menor, tentou escapar pela saída dos fundos.O cabo Marques, da 1ª Companhia do 10º Batalhão, disse que os policiais quase acreditaram tratar-se de funcionários. "De imediato, nós pensamos que sim, porque ele dizia prá gente: ´abre prá gente sair, que eles estão liberando aos poucos e ela está passando mal´", relatou o policial. Mas as roupas do casal, com exceção das camisas com o logotipo da loja, denunciaram os bandidos, que acabaram presos. "Naquele momento, chamou nossaatenção, nós abordamos os dois, que, de imediato, se renderam", acrescentou o policial militar.Os dois foram encaminhados ao 2º Distrito Policial de Santo André. Manuel Murilo Pires Silva foi autuado em flagrante, por tentativa de roubo, porte ilegal de arma e corrupção demenor, pelo delegado Marcos Duarte. Ele era foragido da Penitenciária do Estado desde dezembro de 2002, quando saiu, beneficiado pelo indulto de Natal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.