Adolescente é morta após baile funk em Jundiaí

A adolescente Regiane Prudêncio, de 15 anos, foi morta com um tiro de revólver na cabeça e mais três jovens saíram feridos, na madrugada de hoje, no Jardim Fepasa, em Jundiaí. Todos tinham participado de um baile funk no Clube Atlético Nacional, onde ocorreu uma briga. Segundo testemunhas, os autores dos disparos teriam sido dois seguranças que prestavam serviços no clube e que seguiram as vítimas até o Jardim Fepasa. Além de Regiane, foram baleados Gilberto Gonçalves, de 22 anos, Rosana Paula Santos, de 13, e Giuliano Picolo de Oliveira, de 24 anos, que corre o risco de perder o braço. Mais três pessoas que estavam no grupo conseguiram fugir, sem nada sofrer. O caso será investigado pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí. Regiane foi sepultada às 17 horas, no Cemitério do Montenegro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.