Adolescente é morto na porta de escola

Uma discussão durante uma partida de futebol, na semana passada, transformou-se em tragédia nesta quarta-feira. André Ferreira Gonçalves do Espírito Santo, de 18 anos, foi morto a tiros pelo colega R., de 16, na Rua Marechal Floriano Peixoto, na frente da Escola Irmã Iria Kunz, em Embu, na Grande São Paulo.O delegado seccional de Taboão da Serra, Romeu Tuma Júnior, apurou que André caiu durante um jogo realizado pela escola na semana passada. O evento era aberto à comunidade e fazia parte das comemorações pelos 25 anos do colégio.Ao ver o tombo, R. e outros rapazes começaram a rir e a brincar com André. Houve uma briga, logo apartada. Nesta quarta-feira, no entanto, eles se reencontraram perto do colégio e voltaram a discutir."R., que estava com M. e P., sacou o revólver e fez quatro disparos", disse W.S.G., de 14, primo de André. Ao ouvir o barulho, os alunos saíram correndo para ver o que estava acontecendo. Ferido, André andava em direção à escola. Caiu perto do portão de entrada. Socorrido, foi levado ao pronto-socorro do Jardim Vazame, onde morreu.André não era aluno do colégio. A polícia já identificou os assassinos e acredita que o desentendimento tenha surgido por outros motivos. Existe a suspeita de que os rapazes estivessem envolvidos em roubo de bicicleta.W.S.G. negou que seu primo tivesse ligação com marginais. "O único vício dele era tocar cavaquinho." André será sepultado nesta sexta-feira, no Jardim da Paz, em Embu. A escola suspendeu as aulas até segunda-feira e cancelou as comemorações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.