Adolescente é morto por policial na zona Leste

Um policial à paisana disparou contra o adolescente Clayton Alves Batista Luiz, de 16 anos, que morreu na Rua Firmiano Pinto, no Belenzinho, na Zona Leste, no final da tarde desta quinta-feira. Segundo familiares, o rapaz foi confundido com um marginal por passar correndo em frente à empresa em que o policial fazia segurança. O PM, entretanto, afirma que atirou em revide a uma tentativa de assalto.A versão do policial foi aceita pela delegada de plantão no 81º DP ? Belenzinho, que instaurou inquérito de roubo seguido de morte, em que o adolescente aparece como indiciado e atirador como vítima. Um tia de Clayton, porém, nega que ele fosse marginal e conta que a família reside em um cortiço da Rua Bresser e a mãe pediu-lhe que corresse a uma agência bancária próxima para depositar R$ 250. Faltavam alguns minutos para as 16h e ele foi correndo. A tia acredita que, por isso, foi confundido com um ladrão. Apesar de Clayton ter morrido antes das 17h, até por volta de meia-noite o corpo do rapaz ainda estava na calçada da rua.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.