Adolescente mata catador de papelão a pauladas

O catador de papelão Paulo Sérgio da Silva, de 33 anos, conhecido como Zé Podre, foi morto a pauladas, no início da madrugada de hoje, na praça central de São Joaquim da Barra, na região de Ribeirão Preto. A investigação foi rápida.A partir da informação de uma pessoa que viu o crime, como as características físicas e as roupas do autor, a polícia descobriu que o adolescente D.A.C., de 17 anos, cometeu o delito. Encontrado em sua residência, o menor confessou o crime, inclusive entregando a camisa suja de sangue e o pedaço de pau usado no ato.Segundo o delegado Hugo Anselmo Ravagnani, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) do município, Silva tinha sido até padrasto do adolescente. "O motivo do crime foi fútil, por desavença antiga", comentou Ravagnani. O destino de D.A.C. será definido pela Justiça da Vara da Infância e da Juventude local.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.