Adolescente mata madrasta em Santo André

Garota de 13 anos teve a ajuda do pai e do avô para enterrar o corpo

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

14 de novembro de 2008 | 11h44

Uma adolescente, de 13 anos, é acusada de matar a madrasta e enterrá-la, com a ajuda do pai e do avô, em Santo André, na Grande São Paulo. O corpo de Marilucia Ferreira dos Santos foi encontrado na tarde desta quinta-feira, 13, enterrado próximo à Estrada de Paranapiacaba, em Santo André, após a menina confessar o crime. Segundo o boletim de ocorrência, um vizinho da família foi até a base comunitária militar e avisou sobre o desaparecimento da vítima há alguns dias. Ele disse também aos policiais que a adolescente havia comentado com uma amiga que teria matado a madrasta. Os policias foram até o colégio onde a adolescente estuda e pediram ajuda, para que a diretoria conversasse com a menina para obter informações. A garota acabou confessando o crime e acusou o pai e o avô de ajudarem a esconder o corpo. Em Rio Grande da Serra, a polícia encontrou o pai da menina, José Sotto Spinosa, de 38 anos, e o avô, Luís Henrique Perenque, de 65 anos, que confessaram a ajuda para preservar a adolescente. A polícia ainda não tem informações sobre o motivo do crime e quando aconteceu.

Mais conteúdo sobre:
mortemadrastaSanto André

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.