Adolescente morre após sofrer agressão na Febem do Tatuapé

Morreu, na noite de sexta-feira, ao ser atendido no Pronto Socorro do Tatuapé o adolescente Roni César Mustafá de Souza, 16 anos, que estava recolhido na unidade de internação 20 do complexo da Febem (Fundação estadual do Bem-Estar do Menor), no Tatuapé, no Belenzinho, zona leste da capital. Por volta das 19h00 ele foi agredido por outros internos e sofreu fratura craniana. A UI-20 da Febem é a unidade Mané Garrincha. A assessoria de imprensa da Fundação explica que a briga teve início, à tarde, durante uma partida de futebol. E a agressão fatal aconteceu, durante o banho dos internos. Um deles, de 15 anos, assumiu a autoria da agressão, afirmando que foi involuntário. Em seu depoimento a policiais do 81º Distrito Policial - Belém, explicou que durante a briga, teria empurrado a vítima que, ao cair, bateu a cabeça e sofreu a fratura.O primeiro atendimento médico ao adolescente agredido aconteceu na própria unidade. Depois ele foi removido ao PS, mas não resistiu. Será instaurada uma sindicância pela Febem para apurar as responsabilidades no fato e quais são envolvidos na morte desse interno.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.