Adolescente morre durante tiroteio em parque de Porto Alegre

Cinco jovens estão envolvidos, dois deles ficaram feridos; polícia suspeita de confronto entre gangues

Elder Ogliari, de O Estado de S. Paulo,

01 de março de 2010 | 18h32

Um dos cinco adolescentes feridos durante tiroteio num parque de Porto Alegre morreu nesta segunda-feira no Hospital de Pronto-Socorro, aos 15 anos. Dois outros seguem internados. Um deles, de 16 anos, passou por cirurgia e tem sua situação qualificada como grave pelos médicos. O segundo, de 17 anos, chegou a fugir do hospital, mas foi levado de volta pela família no final da tarde porque reclamava de muitas dores nas costas, atingidas de raspão por uma bala. Outros dois foram liberados logo depois do atendimento.

 

O tiroteio ocorreu no final da tarde de domingo, ao lado do espelho d'água do Parque Farroupilha, o mais movimentado da capital gaúcha. As primeiras investigações da polícia indicam que duas gangues rivais, formadas por menores de idade, dos bairros Vila Jardim e Campo da Tuca, usaram a internet para marcar um confronto no local. Testemunhas relataram que os grupos já haviam feito desafios semelhantes em domingos anteriores, quando ficaram apenas nas provocações. Desta vez havia jovens armados. A polícia ainda vai apurar se os disparos foram feitos por apenas um ou se por mais participantes da briga.

 

A série de cerca de dez tiros provocou pânico entre os integrantes dos grupos e também entre as centenas de pessoas que estavam passeando no parque. Cerca de 50 pessoas foram levadas para uma delegacia para prestar depoimento e liberadas. A partir desta terça-feira a Delegacia Estadual da Criança e do Adolescente vai ouvir pessoas que estavam no parque para tentar identificar os promotores do confronto.

Tudo o que sabemos sobre:
Porto AlegreFarroupilha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.