Adolescente morre e 4 ficam feridos após confusão no RS

Tumulto começou após jovens terem sido expulsos de casa noturna e discutirem com o segurança

Elvis Pereira, AE

05 Abril 2008 | 16h04

Um tiroteio em frente à casa noturna Star Club, em Sapiranga, Região Metropolitana de Porto Alegre (RS), resultou na madrugada deste sábado, 5, na morte do adolescente Eliseu da Rosa de Moura, de 17 anos. Além dele, foram alvejados dois colegas dele, Joares Sebastião Bordinhã, de 26 anos, e Gilson da Rosa, de 22 anos, o policial militar Christian Lincoln de Araújo, de 34 anos, e o taxista Adair Lehmann, de 44 anos.   Segundo o chefe de investigação da cidade, Mauro Magalhães, a confusão ocorreu após sete jovens, entre eles Moura, serem expulsos do estabelecimento. Na rua, o grupo discutiu com seguranças da casa, que teriam chamado Araújo. Houve um tumulto e o policial, que estava de folga, foi baleado no rosto e na mão - os tiros teriam sido disparados por Eliseu e Bordinhã. O PM revidou e baleou o adolescente, que não resistiu e morreu. No tiroteio, também ficaram feridos Gilson da Rosa, Bordinhã e Lehmann.     Os quatro baleados foram internados no Hospital Beneficente Sapiranguense. De acordo com Magalhães, apenas o taxista estava em estado grave e era mantido na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ele foi atingido no tórax e a bala perfurou seu pulmão. A polícia não encontrou as armas usadas no crime e ninguém foi preso.

Mais conteúdo sobre:
Porto Alegre Polícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.