Adolescente morre em colisão de carro roubado

O roubo de um auto presenciado adistância por policiais da 4a. Cia do 12o. BPMM, no bairro doBroklin, Zona sul, resultou em perseguição e na colisão doveículo na esquina da Av. Santo Amaro com a Rua Francisco DiasVelho. Um ladrão fugiu, seus dois comparsas se feriram. Forammedicados no PS de Santo Amaro, liberados pelos médicos eautuados em flagrante no 96o. DP - Monções. Uma adolescente, queestava com o bando, morreu ao ser socorrida no Hospital RegionalSul e outra está internada em estado grave no Hospital Sabóia,do Jabaquara. Roberto Su Kataoka foi abordado pelos ladrões, por voltade 22h00, nas proximidades da própria residência. Eram trêshomens, com idades variando de 20 a 21 anos, e duas garotas de14 anos. Ameaçado com revólver, entregou as chaves de seu Páliode placa GBO-0012. A viatura da PM estava passando numatransversal, quando os patrulheiros viram o Pálio sair aceleradoe Roberto fazendo sinais de que fora vítima de assalto. Na perseguição, o carro roubado passou vários sinaisfechados e seu motorista, posteriormente identificado comoAdriano Monteiro de Freitas, de 20 anos, conseguiu evitar acolisão com diversos veículos. Porém, ao fazer a curva paraentrar na Av. Santo Amaro, saindo da Rua Francisco Dias Velho,ele perdeu o controle e o carro chocou-se violentamente contra omuro de proteção da avenida. Antes da chegada dos policiais, um dos ladrões, mulato,magro, aparentando 20 anos - que os comparsas se negaram aidentificar - conseguiu fugir a pé. Os demais estavam feridos eficaram no local. Adriano e seu primo Alberto Alves de Freitas,de 21 anos, foram levados ao 96o. DP, depois de serem medicadosno PS de Santo Amaro. Foram autuados em flagrante por roubo, porformação de quadrilha e por corrupção de menor. Adriano ainda poderá responder por homicídio culposo,pela morte da adolescente Patrícia Pereira de Sousa, de 14 anos,e também por lesão corporal dolosa nos demais ocupantes doveículo. A outra garota, de prenome Dayana, está internada comfraturas no PS do Jabaquara.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.