Adolescentes fazem motim em centro educativo de BH

Adolescentes internados no Centro Sócio Educativo Santa Clara, no bairro Capitão Eduardo, região nordeste de Belo Horizonte, promoveram um motim no final da noite de segunda-feira, 6, depois que um grupo de 12 internos decidiu não retornar às celas. Segundo a Secretaria de Defesa Social, eles se revoltaram com a restrição ao aparelho de TV da unidade, discutiram com os agentes e tentaram depredar o local.O motim foi controlado com a chegada da Polícia Militar. Ninguém ficou ferido. Foram registrados apenas danos materiais, principalmente nas luminárias do prédio.Os adolescentes foram levados para a Divisão de Orientação e Proteção à Criança e ao Adolescente (Dopcad). Dois foram identificados como líderes do motim e permaneceram na delegacia. Os outros 10 retornaram na manhã desta terça-feira, 7, para o centro.Conforme a Secretaria de Defesa, a unidade tem capacidade para 30 internos - divididos em três núcleos - e não há superlotação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.