Adolescentes fazem rebelião em unidade do Espírito Santo

Oito funcionários foram feitos reféns; três já foram libertados

Solange Spigliatti, estadão.com.br

22 Setembro 2011 | 11h51

SÃO PAULO - Menores internados na fase intermediária da Unidade de Internação Metropolitana, localizada em Xuri, em Vila Velha, no Espírito Santo, iniciaram uma rebelião na manhã desta quinta-feira, 22. Cerca de 30 adolescentes participam do motim. Eles mantiveram oito funcionários reféns, três foram libertados por volta das 11 horas da manhã.  

 

 

Segundo o Instituto de Atendimento Sócioeducativo do Espírito Santo (Iases), a rebelião teve início por volta das 8 horas, os adolescentes começaram a danificar parte do edifício e colocar fogo em colchões. Os cinco funcionários que permanecem no interior da unidade passam bem, de acordo com o Iases.

 

 

O trabalho de negociação e contenção é feito pela equipe de segurança do Iases com apoio de agentes da Secretaria de Estado de Justiça (Sejus) e do Batalhão de Missões Especiais (BME) da Polícia Militar. Ainda não há informação sobre as reivindicações dos menores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.