Adolescentes fazem rebelião em unidade do Espírito Santo

Oito funcionários foram feitos reféns; três já foram libertados

Solange Spigliatti, estadão.com.br

22 de setembro de 2011 | 11h51

SÃO PAULO - Menores internados na fase intermediária da Unidade de Internação Metropolitana, localizada em Xuri, em Vila Velha, no Espírito Santo, iniciaram uma rebelião na manhã desta quinta-feira, 22. Cerca de 30 adolescentes participam do motim. Eles mantiveram oito funcionários reféns, três foram libertados por volta das 11 horas da manhã.  

 

 

Segundo o Instituto de Atendimento Sócioeducativo do Espírito Santo (Iases), a rebelião teve início por volta das 8 horas, os adolescentes começaram a danificar parte do edifício e colocar fogo em colchões. Os cinco funcionários que permanecem no interior da unidade passam bem, de acordo com o Iases.

 

 

O trabalho de negociação e contenção é feito pela equipe de segurança do Iases com apoio de agentes da Secretaria de Estado de Justiça (Sejus) e do Batalhão de Missões Especiais (BME) da Polícia Militar. Ainda não há informação sobre as reivindicações dos menores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.