Adolescentes são assassinados em cemitério no RJ

Dois jovens foram assassinados no Cemitério Nossa Senhora das Graças, em Mesquita, Baixada Fluminense. De acordo com a polícia, eles integravam um grupo de aproximadamente 30 adolescentes que costuma se reunir no local. Eles fazem parte do chamado movimento "gótico": são fãs de rock, se vestem de preto e usam muitos piercings e anéis. A polícia acredita que tenha havido um latrocínio, mas não descarta outras hipóteses.Com idades entre 12 e 17 anos, os jovens estavam cantando dentro do cemitério, às 3 horas desta madrugada. Eles foram abordados por dois homens, não identificados, que disseram ser policiais. De acordo com o relato dos adolescentes na 53.ª Delegacia Policial (Mesquita), eles perguntaram se o grupo estava com drogas e iniciaram uma revista. O motivo do crime, segundo a polícia, teria sido uma brincadeira feita pelos "roqueiros" com os desconhecidos, que não usavam uniforme nem apresentaram documentos. Os assassinos fugiram.Um dos adolescentes mortos foi identificado apenas como Ricardo e era conhecido pelo apelido de Gato Félix. O outro era Nelson Taveira dos Santos, de 17 anos. "A hipótese mais forte é a de latrocínio, mas não descarto nada, porque tenho informações de que eles (os roqueiros) tinham rixa com funkeiros", disse o delegado Júlio Cesar da Costa, titular da 53.ª DP.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.