Wilton Júnior/AE - 03.05.10
Wilton Júnior/AE - 03.05.10

Adriano recusa fazer teste do bafômetro e tem habilitação apreendida no Rio

Jogador apresentava sinais de embriaguês, segundo a polícia; carro foi levado por amigo que passou na blitz

Marília Lopes, Central de Notícias

09 de fevereiro de 2011 | 10h53

SÃO PAULO - O jogador Adriano teve sua carteira de habilitação apreendida durante blitz da Lei Seca na madrugada desta quarta-feira, 9. O atacante da Roma, na Itália, se recusou a fazer o teste do bafômetro ao ser abordado numa ação policial na Avenida Ayrton Senna, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, por volta da 1h.

 

Segundo o major Marco Andrade, coordenador da Lei Seca, Adriano tinha sinais aparentes de embriaguez. Além de ter a carteira apreendida, o jogador terá de pagar uma multa de R$ 957 para reaver a carteira de habilitação. O atacante será julgado pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e, caso seja condenado, perderá a carteira de habilitação.

 

Adriano não teve o carro, um Porsche Cayenne, apreendido. Um amigo que acompanhava o atacante e fez o teste do bafômetro pôde dirigir o veículo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.