Adversários criticam gestão petista na BA

SALVADOR

Tiago Décimo, O Estado de S.Paulo

29 Setembro 2010 | 00h00

Na Bahia, o debate foi marcado por acusações e críticas à atual gestão. Marcos Mendes (PSOL) acusou secretarias do governo de Jaques Wagner (PT), candidato à reeleição, de desvios de verbas e favorecimento. As acusações respingaram até no candidato do PMDB, Geddel Vieira Lima. Luiz Bassuma (PV) voltou a afirmar que parte do orçamento da Secretaria da Saúde é desviado.

Wagner teve três direitos de resposta concedidos e disse que se alguém tiver denúncias concretas "que as apresente ao Ministério Público". Geddel não pediu direito de resposta, mas disse, em resposta a Mendes, que ele se comportava de forma "irresponsável, como um parlapatão".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.