Advogada é detida por furto em shopping

Uma advogada de 42 anos foi presa em flagrante na tarde de anteontem por suspeita de tentar furtar uma loja do Shopping Ibirapuera, em Moema, zona sul de São Paulo. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, por volta das 17 horas, Ana Eugenia Teixeira Nascimento Santos foi detida pelas funcionárias do estabelecimento quando tentava sair com algumas peças de roupa sem pagar e o alarme disparou. Segundo uma funcionária da loja, a advogada usou dois alicates para tirar os alarmes de uma bolsa, três casacos, duas blusas e um par de sapatos, num valor total de R$ 1.700. Ela escondeu os dispositivos em um tênis - a advogada não percebeu um dispositivo no bolso de um casaco. Na saída, o sistema disparou e os funcionários acharam as peças dentro da sacola da advogada. O caso foi registrado no 27º Distrito Policial (Campo Belo).O advogado da acusada acredita que sua cliente tenha agido sob efeito de medicamentos, pois ela está em tratamento contra depressão.GUARULHOSUm homem de 36 anos foi preso por policiais do Grupo Armado de Repressão a Roubos (Garra), da Polícia Civil, por atentado violento ao pudor na tarde de ontem, no Shopping Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública do Estado, Clispon Camargo de Almeida foi detido quando praticava vários atos obscenos dentro de uma loja de pijamas. Enquanto experimentava roupas, aproveitava para se exibir para as vendedoras da loja.O suspeito foi preso com documentos falsos e em consulta constatou-se que ele era foragido e tem mais de 30 anos para cumprir por latrocínio, além de passagens por roubo, formação de quadrilha, estelionato e tráfico de drogas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.