Advogado acusado de crimes em vários estados é preso no PR

Homem responde a dez processos por roubo, furto, receptação e formação de quadrilha

Evandro Fadel, Agência Estado

17 de maio de 2012 | 15h48

CURITIBA - A polícia do Paraná prendeu, na tarde de terça-feira, 17, em Foz do Iguaçu, no oeste do Estado, Evangevaldo Castanheira dos Santos, de 42 anos. Bacharel em Direito, é conhecido como "advogado do crime" e era uma das pessoas mais procuradas pela polícia no Estado. Contra ele havia mandados de prisão da Justiça do Paraná e de Minas Gerais. Somente no Paraná, onde começou no crime roubando carros de luxo em Curitiba, ele responde a dois inquéritos e dez processos por roubo, furto, receptação e formação de quadrilha.

Mas, segundo a polícia, a atuação não se restringe ao Paraná. Santos também responde a processos por furto e roubo em Minas Gerais e no Ceará, onde já esteve preso. Em dezembro de 2004, chegou a ser preso em Mato Grosso do Sul, acusado de falsificação de cartões de crédito. Também foi detido em 2007, em Rondônia, quando trafegava com um veículo que tinha o chassi adulterado e transportava mais de 300 quilos de cocaína. Ele teve passagem ainda pela Polícia Federal por contrabando, receptação, estelionato e formação de quadrilha.

A prisão do advogado foi realizada por policiais do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) e da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc). Ele foi preso quando deixava seu automóvel em um posto de combustível para que fosse lavado. Segundo a polícia, Santos morou por alguns anos na Venezuela e na Bolívia, mas nos últimos meses tinha se instalado em Foz do Iguaçu. Ao tomar conhecimento disso, foram levantadas as informações que levaram à prisão.

Mais conteúdo sobre:
presoadvogado. Paraná

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.