Advogado confirma que goleiro Bruno vai fazer exame de paternidade

O exame vai comprovar se ele é pai de Bruno Samudio, filho que Eliza Samudio alegava ser do acusado

Julia Baptista, do Estadão.com.br,

09 de agosto de 2010 | 11h46

SÃO PAULO - O advogado de Bruno Fernandes, Ércio Quaresma, disse na manhã desta segunda-feira, 9, que o goleiro vai coletar material genético para a realização de exame de DNA. O exame vai comprovar se ele é pai de Bruno Samudio, filho que Eliza Samudio alegava ser do acusado. Bruno e outras três pessoas são acusadas do desaparecimento da modelo, em começo de junho deste ano.

Veja também:

Amante do goleiro Bruno deve ter alta médica nesta segunda-feira 

"Filho dele [Bruno Fernandes] não vai ficar na mão de estuprador", disse Quaresma, referindo-se ao pai de Eliza Samudio, Luiz Carlos Samudio, que responde em liberdade pelo crime de estupro no Paraná.

 

Se comprovada a paternidade, Quaresma assegurou que Bruno vai à justiça tentar conseguir a guarda da criança, que está sob a tutela da mãe de Eliza, Sônia de Fátima Moura. Ainda não há data marcada para a coleta do material. Quaresma disse que vai acionar os advogados dos pais de Eliza. Para Quaresma, Eliza está viva e abandonou o filho, de seis meses, com a mãe dela.

Tudo o que sabemos sobre:
caso BrunoDNAexameEliza Samudio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.