Advogado de Elias Maluco está foragido

O advogado Paulo Roberto Cuzzuol, defensor do traficante EliasPereira da Silva, o Elias Maluco, está foragido há uma semana. Ele teve a prisão preventiva decretada no último dia primeiro pelo juiz da 26.ª Vara Criminal, Joel Pereira dos Santos, por associação para o tráfico de drogas, mas até esta segunda-feira não havia sido preso.O diretor da Divisão de Capturas e Polícia Interestadual da da Polícia Civil (Polinter), Luiz Antônio Buzinaro, explicou que Cuzzuol foi beneficiado pela lei eleitoral, que impede que qualquer eleitor seja preso, exceto quando flagrado cometendo um crime. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral, o prazo de garantia à liberdade do eleitor começou no último dia primeiro e termina amanhã.Cuzzuol teve a prisão preventiva decretada porque o rádio Nextellusado para a comunicação de Elias Maluco foi comprado em nome do advogado. De acordo com a polícia, o uso do rádio de comunicação dificultou a prisão de Maluco, porque não era possível rastreá-lo. Somente nos dias que antecederam a prisão do traficante é que ospoliciais da Delegacia de Repressão a Entorpecentes, com a ajuda da operadora, começaram a seguir a pista de Elias Maluco a partir dos contatos que ele fazia pelo aparelho. Até momentos antes de ser detido, o traficante utilizava o rádio de comunicação.O Estado tentou localizar o advogado Paulo Roberto Cuzzuol, mas o telefone celular permanceu desligado. No seu escritório, uma secretária informou que o advogado ficaria ?ausente por uns dias?. Até o fim da tarde de ontem, nenhum pedido de habeas-corpus havia sido impetrado em nome do advogado no Tribunal de Justiça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.