Advogado denuncia ''mensalinho'' pago a diretores da Sanasa

O advogado Edson Carneiro Júnior disse ontem que seus clientes, os empresários da Global, Augusto Ribeiro Antunes e Alfredo Ribeiro Antunes, tiveram que pagar um ''mensalinho'' de R$ 50 mil e a colocar seus funcionários à disposição para serviços particulares em residências de diretores da Sanasa. Segundo Carneiro Júnior, o pagamento foi realizado durante dez meses, no decorrer de 2008, em prestações que variavam entre R$ 5 mil e R$ 6 mil. A Global é citada na lista da promotoria sobre corrupção na gestão Dr. Hélio (PDT). De acordo com o advogado, a empresa é "pequena e familiar" e, por isso, não conseguia "dar mais". "A empresa foi obrigada a fazer depósitos senão seria sumariamente cortada do pagamento do serviço", disse. O advogado contou que os diretores da Sanasa "ganharam" pequenos reparos em suas residências. "Foram obrigados a fazer reformas em chácaras de diretores, como pintura, serviço de jardinagem e ajuda em diversos serviços particulares." Está prevista uma acareação já que um diretor da Sanasa, Aurélio Cance Junior, também está preso provisoriamente.

Rose Mary de Souza, O Estado de S.Paulo

25 de maio de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.