Advogado é esfaqueado durante assalto na zona norte do Rio

Após pegar o celular e a carteira, criminoso deu uma facada no peito da vítima, que não havia tentado reagir

Fábio Grellet, O Estado de S. Paulo

15 Abril 2016 | 19h36

RIO - O advogado Cláudio Luciano de Almeida e Silva, de 51 anos, foi esfaqueado no peito durante um assalto na Rua Santo Afonso, na Tijuca (zona norte do Rio), por volta das 20h30 desta quinta-feira, 14.

Segundo a Polícia Civil, o advogado estava seguindo para casa, no Grajaú (zona norte), quando foi atacado, nas imediações da estação Tijuca do metrô. Seis jovens cercaram a vítima e fizeram ameaças. Após recolher o telefone celular e a carteira de Almeida e Silva, um dos criminosos deu uma facada no peito do advogado, que não havia tentado reagir. Ele ficou estirado no chão.

Os criminosos fugiram e não haviam sido identificados até a noite desta sexta-feira, 15. A vítima foi socorrida por uma mulher que passava pelo local. Levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Tijuca, ele recebeu os primeiros socorros e foi transferido para o Hospital Federal do Andaraí, na mesma região. Ele não corre risco de morte. O caso foi registrado na 19ª DP (Tijuca).

Mais conteúdo sobre:
Silva Polícia Civil Grajaú Almeida

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.