Advogado é morto com 12 tiros em Itu

O advogado criminalista Adib Jorge Filho, de 44 anos, foi morto com 12 tiros de pistola na frente da sua casa, ontem à noite, em Itu. Adib Filho era muito conhecido em Itu, mas atuava principalmente em São Paulo. Ele foi executado na frente de sua residência, no Bairro Alto, zona nobre da cidade, pelos ocupantes de uma motocicleta. Adib Filho teve morte instantânea. Até a tarde de hoje a polícia não tinha chegado aos autores do crime. "Estamos investigando algumas pistas", disse a delegada Márcia Pavoni Silva. Adib Filho estava com a mulher e os dois filhos pequenos na casa quando foi chamado pelo nome, por volta das 20 horas. Achando que se tratava de um cliente, ele foi até a rua. Um vizinho que lavava a calçada viu quando dois homens chegaram em uma moto. O que estava na garupa desceu e dirigiu-se ao portão da casa, enquanto o outro seguiu de moto alguns metros para a frente.Segundo o investigador Durval Hércules Ramos, o vizinho ouviu a pessoa conversando rapidamente com o advogado. "Provavelmente era alguém conhecido", deduziu Ramos. Em seguida foram feitos os disparos. O homem fugiu na garupa da moto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.