Advogado ligado a direitos humanos é o novo ouvidor das polícias de SP

O advogado Luiz Gonzaga Dantas, de 62 anos, secretário executivo do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (Condepe), é o novo ouvidor das Polícias do Estado de São Paulo. O nome dele foi escolhido numa lista tríplice, anteontem, pelo governador José Serra (PSDB). Dantas deverá assumir o cargo na próxima semana, em substituição a Antônio Funari Filho.Além do nome de Dantas foram indicados para assumir a Ouvidoria o jornalista Ivan Seixas , presidente do Condepe, e o advogado Rildo Marques, do Centro Santo Dias de Direitos Humanos. Dantas teve a maioria dos votos das entidades de direitos humanos do Estado. Anteontem, Serra o escolheu após analisar a lista tríplice. A nomeação foi publicada na terça-feira passada no Diário Oficial do Estado. Em entrevista ao Jornal da Tarde, o novo ouvidor afirmou que sua política será voltada aos direitos humanos. "Quero parafrasear o governador. Ao assumir o cargo, ele afirmou aos jornalistas que sua meta era de respeito aos direitos humanos." Dantas disse ainda que vai pedir aos órgãos de segurança para que trabalhem na legalidade. Ele se reunirá nos próximos dias com o secretário da Segurança Pública, Antônio Ferreira Pinto, para saber quando assumirá o cargo, cuja duração é de dois anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.