Advogado morre atropelado e filha fica ferida em SP

Um advogado e sua filha, de 10 anos, foram atropelados por volta das 21 de ontem na esquina da Rua Bom Pastor com a Rua dos Patriotas, no Ipiranga, zona sul da capital paulista. José Geraldo Jacob, 39, ao lado da filha, Natasha Iasmin Jacob,foram atropelados por um Golf que era dirigido pelo comerciante Pedro Luiz Aurichio, de 30 anos. O advogado havia ido buscar a filha na escola de natação e ambos foram atingidos pelo veículo quando atravessavam a rua. O pai morreu a caminho do Pronto-Socorro Ipiranga, onde a menina continua internada em estado grave. O comerciante foi indiciado no 17º Distrito Policial, do Ipiranga, por homicídio e tentativa de homicídio culposos, quando não há a intenção de matar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.