Advogados de Beira-Mar são presos por tentativa de suborno

Dois advogados do traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, foram presos em flagrante neste domingo por tentativa de suborno a policiais federais num restaurante da zona sul do Rio. Lydio da Hora e Wellington Menezes tentavam comprar a liberdade de um traficante identificado como Marco, que, segundo a Polícia Federal, foi tesoureiro de Beira-Mar. Quando eles entregaram o dinheiro aos agentes, foi anunciada a prisão. Toda a ação foi filmada por um policial que não se identificou.O traficante Marco atuava de forma independente, mas também agia sob ordem de Beira-Mar que está numa prisão de segurança máxima no interior de São Paulo. Os dois advogados estão na sede da superintendência da Polícia Federal, na zona portuária do Rio de Janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.