Advogados de defesa recebem cópia do inquérito do caso Eliza

Juiz da 2ª Vara da Infância e Juventude do Rio autorizou ontem a transferência para Minas Gerais do primo de Bruno, de 17 anos; corpo de Eliza Samudio ainda não foi encontrado

Fabiana Marchezi, do estadão.com.br

13 de julho de 2010 | 10h24

SÃO PAULO - Os advogados de defesa do caso Eliza Samudio receberam por volta das 22 horas de segunda-feira, 12, as cópias do inquérito policial. De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, agora, os advogados estudam as mais de 800 páginas do processo, que foram enumeradas e entregues a cada um dos defensores dos suspeitos de envolvimento no desaparecimento e suposta morte da modelo.

 

Veja também:

linkPrimos de Bruno vão fazer acareação

link'Será difícil falar que o pai matou a mãe'

linkFoco das buscas é área de grupo de extermínio

especialCronologia do caso

 

Na tarde desta segunda-feira, 13, o juiz da 2ª Vara da Infância e Juventude do Rio de Janeiro, Marcius Ferreira, autorizou a transferência do menor J., de 17 anos, para Minas Gerais. J., primo de Bruno, foi apreendido no dia 6 de julho na casa do goleiro no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio. O menor deve ser transferido ainda hoje.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.