Aécio aperta o governo federal por verbas para segurança

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), engrossou hoje a reivindicação feita um dia antespelos secretários de Segurança Pública e cobrou a liberação de recursos do governo federal para o combate à violência. Aécio terá audiência amanhã, em Brasília, com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e disse que vai pedir a liberação de recursos doFundo Nacional de Segurança Pública, segundo ele, imprescindíveis para as estratégias do governo estadual no combate aocrime organizado.?Infelizmente, carecemos, e isso não é um privilégio de Minas Gerais, da liberação dos recursos acordados com ogoverno federal, fundamentais para investimentos?, observou o governador, que participou da solenidade de abertura da 9ª reuniãoordinária do Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC), que está sendo realizada em Belo Horizonte. Segundo o Palácio da Liberdade, o repasse devido pela União a Minas Gerais é de R$ 17,5 milhões referentes ao anopassado. O governador lembrou que no momento ?todo o país, sem exceção, se sobressalta com as ações cada vez maisviolentas e desassombradas do crime organizado?.

Agencia Estado,

15 de abril de 2004 | 17h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.