Aécio deixa o governo no dia 31 e vai viajar

Tucano diz que não faltará ao lançamento da candidatura de Serra no dia 10 de abril

EDUARDO KATTAH, O Estadao de S.Paulo

20 de março de 2010 | 00h00

O governador de Minas, Aécio Neves (PSDB), que se candidatará ao Senado, disse ontem que vai se desincompatibilizar do cargo no dia 31 de março. No mesmo dia, o vice e pré-candidato ao governo do Estado, Antônio Anastasia, tomará posse.

Fiel ao seu estilo, Aécio deixará o governo após sete anos e três meses em cerimônia marcada pela pompa, transferindo o cargo para Anastasia da sacada do Palácio da Liberdade. O governador já disse que depois pretende "submergir" e viajar.

Lançamento. Ele garantiu, porém, que não faltará à solenidade de lançamento da pré-candidatura à Presidência do governador de São Paulo, José Serra, previsto para 10 de abril. Aécio disse que os mineiros estão prontos para colaborar no programa de governo de Serra, caso seja solicitado.

"A partir do momento em que o presidente (do PSDB) Sérgio Guerra me comunicou que no dia 10 haverá o lançamento em Brasília, eu estarei lá como mais um soldado do partido, levando a força de Minas e o meu entusiasmo em torno da candidatura do nosso companheiro, governador de São Paulo", afirmou. "Quero tirar alguns dias, viajar um pouco, até para permitir que as coisas caminhem agora com naturalidade sob o comando do já governador Antonio Anastasia."

Aécio disse que seu governo tem "exemplos muito exitosos", sobretudo no campo da gestão pública, para oferecer à campanha de Serra.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.