Aécio reúne prefeitos e lideranças em BH

Senador eleito prepara ato de apoio a José Serra com cerca de 400 representantes dos 853 municípios mineiros

Christiane Samarco BRASÍLIA, O Estado de S.Paulo

14 Outubro 2010 | 00h00

O ex-governador e senador eleito Aécio Neves (PSDB) quer reunir hoje, em Belo Horizonte, prefeitos e líderes políticos de 400 dos 853 municípios mineiros com o presidenciável tucano, José Serra. Serra deverá se comprometer com uma pauta de reivindicações dos prefeitos, a começar pela reposição de perdas financeiras dos municípios com renúncias fiscais do governo Lula.

O Estado deu vitória ao PT no primeiro turno da disputa presidencial, mas o PSDB mineiro está animado. Pesquisas internas indicam que uma virada de votos estaria em curso. Embora a candidata petista Dilma Rousseff tenha encerrado a primeira rodada desta eleição com 17 pontos porcentuais à frente de Serra no Estado, o levantamento realizado semana seguinte pelo partido mostraria que, hoje, a vantagem dela sobre Serra caiu para 6 pontos.

"Vamos virar esta eleição", prevê o secretário-geral do partido, Rodrigo de Castro, que saiu das urnas com o título de deputado federal mais votado de Minas. Com a arrecadação em queda, prefeitos de municípios mais pobres de Minas Gerais querem debater com o candidato a promessa do salário mínimo de R$ 600.

A cúpula estadual do PSDB quer aproveitar a reunião para dar uma demonstração de engajamento na campanha de Serra. "Esta disputa entre Minas e São Paulo não tem sentido, até porque quando for a vez de um mineiro na disputa presidencial, também precisaremos dos votos dos paulistas", diz o senador Eduardo Azeredo, sinalizando a candidatura de Aécio à Presidência - de preferência, em 2014.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.