Aeronáutica encontra 2a caixa-preta da TAM

A segunda caixa-preta do Airbus da TAM do vôo 3054, com os dados de voz da cabine, foi finalmente encontrada neste sábado, após a Aeronáutica afirmar que o material já enviado aos Estados Unidos só incluía uma caixa-preta, a do Gravador de Dados de Vôo (FDR). A segunda caixa-preta, chamada de Gravador de Voz da Cabine (CVR), foi encontrada às 10h30 nos escombros do acidente do vôo 3054 e deverá seguir ainda neste sábado para os EUA. O acidente ocorreu na terça-feira, quando o Airbus da TAM tentava pousar no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, com 187 pessoas a bordo. O exame do material levado aos EUA havia mostrado que um dos equipamentos não era o CVR. A confusão aconteceu devido às "deformações significativas sofridas pelos materiais em função do impacto e das altas temperaturas atingidas", explicou a Aeronáutica em uma nota. O FDR, segundo a Aeronáutica, é "primordial para a avaliação de fatores contribuintes para o acidente." A investigação do material está sendo feita pela equipe de técnicos do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), nos laboratórios do National Transportation Safety Bureau (NTSB), nos EUA. (Por Fernanda Ezabella)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.