Aeronáutica investiga risco de segurança em voo da TAM em Brasília

Nesta segunda, dois aviões teriam ficado abaixo da distância mínima permitida, que é de 3,5 km

Marcela Gonsalves, Estadão.com.br

24 de maio de 2011 | 17h25

SÃO PAULO - A Aeronáutica está investigando uma ocorrência registrada na noite desta segunda-feira, 23, entre uma aeronave da TAM e um avião de pequeno porte na área terminal do aeroporto de Brasília.

 

A análise preliminar aponta que a menor distância lateral entre as aeronaves foi de 3,5 km, menor do que a distância mínima de segurança prevista.

 

Em nota, a Aeronáutica afirmou que a investigação será feita a partir das gravações radar e das comunicações, mas ressaltou que as aeronaves não estavam em rota de colisão, uma vez que a separação lateral entre elas era de mais de 3 km em rumos paralelos.

 

A aeronave da TAM, que cumpria o voo JJ3712 (São Paulo-Brasília), teria feito corretamente a manobra de segurança.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.