Aeronáutica rebate rumores sobre demissão de comandante

O Centro de Comunicação Social da Aeronáutica informou ontem à noite, por intermédio de nota dirigida ao Estado e à Agência Estado, que nada leva a crer que o comandante da Aeronáutica, brigadeiro Luiz Carlos Bueno da Silva, será demitido pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.A nota da Aeronáutica: "Em relação à matéria "Lula intervém e Comandante da Força Aérea pode cair", assinada pela Agência Estado e publicada hoje (4/11) em vários sites de notícias, este Centro julga importante esclarecer o seguinte:- Não há qualquer manifestação do Comandante da Aeronáutica que permita o entendimento sobre eventual interesse na permanência no cargo, uma vez que essa decisão trata-se de escolha pessoal do Exmo. Sr. Presidente da República;- O Comandante da Aeronáutica tem mantido contato permanente com o Ministro da Defesa, no sentido de assessorá-lo acerca do desenvolvimento das ações a cargo do Comando da Aeronáutica; - A propósito do Plano de Reunião acionado na última quinta-feira, dia dois de novembro do corrente, o mesmo teve o objetivo de reunir o efetivo do CINDACTA I (centro de controle aéreo de Brasília) para estabelecer normas de comando. Trata-se de procedimento usual nas organizações militares, previsto na legislação em vigor, e não de medida extremada conforme citado na matéria;- Por fim, cabe enfatizar que não existiram ameaças, como afirma o texto - sendo importante observar que a instituição da Corte Marcial não se aplica em tempo de paz.Centro de Comunicação Social da Aeronáutica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.