Aeroporto de Congonhas é fechado temporariamente

Passageiros do vôo 3563 da TAM estão há mais de duas horas dentro do avião no solo em Brasília aguardando a decolagem para São Paulo. Segundo o piloto da aeronave, foram suspensas temporariamente todos os pousos e decolagens no Aeroporto Internacional de Congonhas devido à forte chuva. A Infraero de Brasília e de São Paulo confirmam o fechamento do aeroporto, e dizem que as atividades já estão sendo retomadas.De acordo com a Infraero em Congonhas, o aeroporto foi fechado por volta das 19h e retomadas a partir das 22h, com os pousos sendo normalizados. Em Brasília, os passageiros do vôo 3563 da TAM receberam a mesma informação, de que Congonhas reteve os vôos de todo o Brasil após as 19h e que os pousos e decolagens estão sendo liberados aos poucos.Contudo, um atendente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) de Congonhas informa que o aeroporto em momento algum foi fechado e que o problema é no centro de controle aéreo de Brasília (Cindacta-1), onde desde o final da tarde está havendo uma pane no sistema de tráfego aéreo semelhante ao registrado há duas semanas, devido à sobrecarga de vôos.O posto de informações da Infraero em Brasília confirma os atrasos nos vôos na capital federal, mas nega o problema no controle de tráfego aéreo. Segundo a Infraero, "apenas os vôos para Congonhas estão com atrasos, devido à chuva que fechou o aeroporto". "Esta informação (de problema no Cindacta-1) é improvável, pois todos os vôos que chegam e saem de Brasília estão normais, só os para São Paulo estão atrasados", diz o responsável da Infraero.Em Congonhas, a assessoria de imprensa da Infraero diz que não houve fechamento do aeroporto por causa da chuva. O houve, segundo a assessoria, foi uma mudança da "posição da cabeceira" devido à mudança da direção do vento, o que teria durado cerca de dez minutos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.